Carregando tradução..
Siga-nos nas Redes Sociais
Escritório (51) 34982305
Corretora Helena Soares (51) 97052607
Corretor Douglas Dias (51) 96083812
Corretor Adriano Dornelles (51)98762949
Atendimento online
Atendimento online

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
CMN define quais imóveis podem usar até R$ 1,5 milhão do FGTS
31/05/17

O CMN (Conselho Monetário Nacional) fixou regras para o conceito de imóveis residenciais “novos”, que podem receber financiamento de até R$ 1,5 milhão através do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) dentro das regras do SFH (Sistema Financeiro de Habitação). A partir de agora, entram nessa classificação unidades imobiliárias com habite-se de até 180 dias ou à venda pela incorporadora.


Segundo informações do Banco Central, o CMN também revogou um dispositivo que impedia o fechamento de amortização de dívida imobiliária quando havia possibilidade de aumentar o saldo devedor dos financiamentos durante os contratos. Essa regra foi estabelecida em 2016.


Por “prudência”, a nova regra estabelece acompanhamento de saldos devedores com aumento de dívida que supere 80% do valor de avaliação de garantia da data de contratação da operação. Esses casos passam a ser passíveis de requerimento de capital mais elevado para diminuir o risco.


Depósito


Na mesma reunião, foi extinta a exigibilidade adicional sobre depósitos de poupança, que obrigava a manutenção de valores a cargo do Banco Central. Essa exigência já estava extinta para depósitos à vista e a prazo, mas agora acaba de vez, o que, de acordo com o BC, reduz os custos de observância para o sistema financeiro.


“Trata-se do fim da prerrogativa de cumprimento, com financiamentos contratados nas condições do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), de até 18% da exigibilidade de encaixe obrigatório sobre depósitos de poupança captados pelas entidades integrantes do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Estima-se que o resultado líquido combinado do fim dos dois mecanismos tenha um efeito expansionista residual de, aproximadamente, 3% do montante dos recolhimentos compulsórios no Banco Central”, explicou a autoridade monetária. Esses 3% correspondem a R$ 13 bilhões que serão liberados ao mercado.


Fonte: InfoMoney






Últimas notícias
 31/05/17 - CMN define quais imóveis podem usar até R$ 1,5 milhão do FGTS
 31/05/17 - Caixa volta a liberar crédito imobiliário para linha pró-cotista
 12/05/17 - Setor da construção pronto para uma virada
 07/04/17 - Cenário do mercado imobiliário é de reação no segundo semestre
 09/03/17 - Governo pode aumentar valor máximo para compra de imóvel com FGTS
 09/03/17 - Temer quer ampliar Minha Casa Minha Vida para renda até R$ 9 mil
 09/03/17 - Governo anuncia mudanças no Minha Casa Minha Vida
 09/03/17 - Limite de financiamento de imóveis subirá a R$1,5 milhão
 09/03/17 - Uso do FGTS para quitar imóveis é expandido
 30/12/16 - Pela primeira vez no ano, Caixa reduz juro para financiar imóveis
 30/12/16 - Governo anuncia mais 500 mil empreendimentos do Minha Casa
 07/11/16 - MRV tem alta de vendas no 3º tri, distratos caem 25%
 07/11/16 - China quer expandir reforma tributária do setor imobiliário
 07/11/16 - Venda de imóveis tem primeira alta após 13 meses
 08/10/16 - Bancos são autorizados a financiar imóveis de até R$ 1,5 milhão
 09/09/16 - Caixa volta a oferecer financiamento de imóveis mais barato
 08/08/16 - Saiba quais itens os inquilinos mais buscam nos imóveis
 08/08/16 - Caixa vai financiar imóveis de até R$ 3 milhões
 08/08/16 - Comprar um imóvel novo ou usado? Dicas ajudam a avaliar a melhor
 13/06/16 - Caixa descarta aumento de juros para financiar casa própria
 03/06/16 - Melhora nas perspectivas abre espaço para boas oportunidades
 03/06/16 - Feirão da Casa Própria começa hoje em São Paulo
 08/03/16 - Caixa passará a financiar até 70% de imóveis usados
 04/03/16 - Caixa volta a oferecer financiamento de imóveis mais barato
 02/03/16 - Veja quanto tempo leva para comprar um imóvel
 01/03/16 - FGTS reforça crédito da casa própria com mais R$ 21,7 bi
 14/01/16 - Nova fase do Minha Casa Minha Vida
 23/12/15 - Imóveis em São Paulo sobem menos que inflação, mas aluguel supera
 23/12/15 - O que fazer para evitar dívidas no financiamento imobiliário
 23/12/15 - 7 dicas para vender ou alugar seu imóvel mais rápido
enviando...